Busca

Oficina Fantástica

Fantasia, FC e muito mais. Novos textos semanalmente!

MISTBORN (“NASCIDO DAS BRUMAS”) DE BRANDON SANDERSON

Por Maurício Wojciekowski Já tive oportunidade aqui de comentar sobre a monumental obra “A roda do tempo”, de Robert Jordan (link: https://oficinafantastica.wordpress.com/2016/12/23/robert-jordan-e-o-olho-do-mundo/). No momento, pela editora Intrínseca, foram lançados os cinco primeiros volumes de um total de 14. Os últimos... Continue lendo →

FELIZMENTE O LEITE – NEIL GAIMAN

Por Maurício Wojciekowski Felizmente o Leite – Neil Gaiman Neil Gaiman dispensa apresentações. Autor de obras como “Coraline”, “Sandman”, “Belas Maldições”, o autor é conhecido e adorado por uma legião de fãs. Como não poderia deixar de ser, “Felizmente o... Continue lendo →

ELRIC DE MELNIBONÉ: O (ANTI) HERÓI IMPERADOR ALBINO

Por Maurício M. Wojciekowski Elric é um dos personagens mais peculiares da literatura fantástica. Além de completamente albino, o jovem imperador é dado a ataques de melancolia e passa boa parte do tempo duvidando de si mesmo e questionando o... Continue lendo →

ASIMOV – COMO UM AUTOR PODE MOLDAR O SEU GOSTO PESSOAL

Por Rodrigo M. G. Oliveira. Minha paixão por leitura começou desde cedo. Não vou lembrar a data exata, mas foi nos primeiros anos escolares, logo após minha alfabetização. Me lembro das famigeradas listas de material escolar que minha escola passava... Continue lendo →

TIC TAC

De R. Tavares. Rosário, com sua pele de leite fresco e cheiro de erva doce, há muito tempo não pensava na sua primeira vez. Sentiu saudades daquela época. Tinha sido a primeira de muitas vezes. Ah! Isso ela não esquecia.... Continue lendo →

ANDARILHOS – O PROCESSO DE EDIÇÃO, REVISÃO E REESCRITAS

1. A revisão e a edição Por Maurício Moraes Wajciekowski Há mais ou menos uns cinco anos, li a primeira versão de “Andarilhos” que, naquela época, chamava-se “O andarilho” e era um conto longo ou uma novela. Achei o livro... Continue lendo →

RESENHA – O COVIL DOS INOCENTES, DE HENRY BUGALHO

Por Maurício Wojciekowski. Taí um livro que me surpreendeu positivamente. Para quem gosta do estilo Romance Noir, que tem como seu expoente autores como Raymond Chandler e Dashiell Hammett, o livro do Bugalho é um prato cheio de coisas boas... Continue lendo →

UMA LITERATURA DO TIMOR LESTE: “OLHOS DE CORUJA, OLHOS DE GATO BRAVO”

Por Andrea Ilha 1 Apresentação                 Vamos fazer uma viagem diferente hoje? Saindo das Américas e da Europa, repousemos na Ásia, ou, quem sabe, na Oceania. Estamos na chamada Ilha do Timor. Fica meio que entre os dois continentes. Na... Continue lendo →

FAHRENHEIT 451 — QUANDO OS LIVROS SE INCENDEIAM

Por G. H. Dantas Escrito por Ray Bradbury na década de 1950, Fahrenheit 451 retrata uma sociedade distópica em algum momento incerto do futuro. Um futuro que bem poderia ser o nosso, já que nenhuma data é mencionada ao longo... Continue lendo →

Site hospedado por WordPress.com.

Acima ↑